06/07/2009

- Sugestões de Atividades-CONHECIMENTO DE MUNDO- 4 a 5 anos

MOVIMENTO
  1. O jogo dramático: neste jogo a criança deixa de ser ela mesma para se tornar um personagem, um animal, um objeto;
  2. Imitação de expressões faciais: triste, alegre, zangado, etc.
  3. Brincadeira livre em pequenos grupos, com a observação do professor, que poderá fazer algumas interferências quando necessário.
  4. Jogo da Marionete: simula que em cada segmento tem um fio que ao ser esticado o move. Uma criança move os fios e o outro tente mover-se em função da ação do colega.
  5. Participação em brincadeiras e jogos que envolvam correr, subir, descer, escorregar, pendurar-se, movimentar-se, dançar, etc.
  6. Brincadeiras que utilizem habilidades como força, velocidade, resistência e flexibilidade nos jogos que participa como: correr com um pé, pular corda, etc.
  7. Pedir que os alunos façam algumas representações corporais como: derreter como um sorvete, balançar como as folhas de uma árvore, etc.
  8. Brincadeira do siga o mestre: o professor realiza gestos para os alunos imitar.
  9. Trabalhar com cantigas de roda;
  10. Ao som de músicas instrumentais realizar movimentos suaves;
  11. Fazer movimentos seguindo o ritmo de toques de tambor;
  12. Trabalhar com as crianças diferentes modalidades musicais explorando movimentos variados.
  13. Utilizar alguns materiais, em contato com o corpo da criança para proporcionar atividades sensíveis interessantes como: gelo, areia, água, etc.
  14. Banho de mangueira;
  15. Atividades com objetos de pesos variados;
  16. Utilizando o piso da sala de aula e da área externa fazer com que os educandos percebam a diferença de temperatura entre ambos;
  17. Trabalhar o reconhecimento dos sinais vitais e de suas alterações, como a respiração, os batimentos cardíacos.
  18. Participa de brincadeiras e jogos que envolvem correr, subir, descer, escorregar, pendurar-se e dançar.
  19. Atividade livre na área da escola;
  20. Atividade de comando com música;
  21. Atividades de transpor obstáculos;
  22. Circuito – atividade de percurso de acordo com a turma- obstáculos para subir, descer, pular, rolar, etc.
  23. Atividades com raquetes: equilibrar bolas nelas, lançar bola no ar e amortecer a queda com a raquete;
  24. Lançar aros pequenos no ar;
  25. Pescar os aros com os pés, as mãos e com uma vara;
  26. Bater no balão com diferentes partes do corpo

MÚSICA
  1. Entoar sons e canções em diferentes alturas;
  2. Sentadas em circulo uma criança caminha, pela parte externa da roda, segurando uma bola. O educador segue o tempo da criança com um instrumento de percussão e cantando. Quando pára de cantar, a criança dá a bola à outra do círculo e senta no lugar que esta deixa;
  3. Caminhar, batendo dois bastõezinhos. Ao ouvir o som do apito, bater no chão com rapidez;
  4. Cantar uma canção escolhida, enquanto o educador permanece em pé, Parar de cantar quando ele se senta;
  5. Fazer rolar uma bola pequena com a ponta do pé enquanto soa a melodia. Pôr o pé sobre a bola toda vez que a melodia se interromper.
  6. Jogos musicais;
  7. Criação de pequenas canções;
  8. Solicitar que os alunos cantem a música que mais apreciam;
  9. A educadora canta uma música, escolhida de acordo com a idade da criança, depois pára e pede para a turma continuar a melodia.
  10. Ouvir músicas variadas, com ritmos variados; brincar de dança das cadeiras com diferentes ritmos, a criança tem que seguir o ritmo musical;
  11. Dançar e cantar em dupla em sincronia com o colega;
  12. Brincar de mímica tendo como tema uma música;
  13. Dançar interpretando a letra de uma música.
  14. Construção de instrumentos musicais de sucatas com os educandos;
  15. O educador depois de ter trabalhado, separadamente, as construções dos instrumentos poderá formar uma bandinha com as crianças;
  16. Utilizando garrafas cheias e vazias trabalhar a diferença de sons produzidos por eles;
  17. Fazer uma comparação do som dos instrumentos feitos com materiais recicláveis com o som dos instrumentos originais;
  18. Escuta obras musicais de diversos gêneros, estilos, épocas e culturas, da produção musical brasileira e de outr os povos e países.
  19. Apreciar músicas de repertórios variados (clássica, MPB, folclóricas, etc.).
  20. Busca informações sobre as obras ouvidas e seus compositores
  21. O educador sempre que trabalhar uma música com os educandos deverá comentar sobre o compositor e o que ele quis transmitir com a letra da mesma.


ARTES VISUAIS

  1. Desenhar livremente sem a intervenção direta do professor;
  2. Pintar um lado da folha de jornal com tinta guache e dobrar, para ver o que acontece;
  3. Usar a técnica da pintura a sopro – guache no papel, em cores variadas, ir soprando e formando o desenho. Perguntar as crianças: Como e por que isso acontece?
  4. Propor as crianças que façam desenhos a partir da observação das mais diversas situações, cenas, pessoas e objetos;
  5. Oferecer diversas atividades simultâneas, como desenhar, pintar, modelar e fazer construções e colagens para que as crianças possam fazer suas escolhas;
  6. Desenhar auto-retrato;
  7. Rasgar ou dobrar papéis com texturas variadas.
  8. Passear pelos espaços da Unidade Escolar procurando objetos de cores e formas variadas e texturas do ambiente;
  9. Trabalhar com barro, levando as crianças a perceberem sua textura, cheiro, cor, temperatura, criando formas e figuras, que depois de secas podem ser pintadas com tinta guache e envernizada com cola plástica.
  10. Montagem de painéis que contenham ampliações dos desenhos de figuras humanas elaborados pelas crianças do grupo;
  11. Ornamentar um bolo de aniversário ou uma mesa de festa;
  12. Ilustrar um livro.
  13. Exploração de diversos materiais (massa, tinta, argila, giz, areia, plástico, sementes, sucatas, etc.);
  14. Brincar de desenhar numa caixa de areia grande;
  15. Trabalhar com “óculos’ feitos de cartolina e papel celofane coloridos, para que notem que as cores se alteram, quando vistas de “óculos”. “Lentes” azuis para olhar objetos amarelos fazem com que se tornem verdes.
  16. Fazer maquetes de cidades ou brinquedos que envolvem a composição de volumes, proporcionalidades, equilíbrios, etc.
  17. Conversa informal, nas rodas interativas, sobre a organização e cuidado que elas devem ter em relação aos materiais e espaço físico da sala;
  18. Estabelecer combinados com as crianças, expondo-os na sala de aula;
  19. Guardar e organizar a sala.
  20. Conversa informal, nas rodas interativas, sobre o respeito e cuidado que elas devem ter em relação aos objetos produzidos;
  21. Estabelecer combinados com as crianças, expondo-os na sala de aula.
  22. Exposição dos trabalhos das crianças na sala de aula e em área externa da escola;
  23. Organizar uma exposição aberta à comunidade sobre algo que esteja sendo trabalhado;
  24. Decoração de festas (juninas, natalinas, aniversários, etc.) utilizando as próprias produções das crianças.
  25. Entrar em contato com diversas produções artísticas para que as crianças possam diferenciá-las;
  26. Criar com as crianças um álbum de fotografias, um álbum de desenhos, etc. para apreciação;
  27. Apresentar as crianças diversas esculturas.
  28. Elaborar perguntas que instiguem a observação, a descoberta e o interesse das crianças, como: “O que você mais gostou?”Como o artista consegue estas cores? “Que instrumentos e meios ele usou? O que você acha que foi mais difícil para ele fazer?
  29. Criar espaços para a construção de uma observação mais apurada, instigando a descrição daquilo que está sendo observado;
  30. Permitir que as crianças falem sobre suas criações e escutem as observações dos colegas sobre os seus trabalhos
  31. Comentar sobre os resultados dos trabalhos.
  32. Observação de figuras humanas nas imagens da arte;
  33. Observação de corpos em movimento pesquisados em revistas, em vídeos, em fotos;
  34. Observar o próprio corpo diante do espelho.
  35. Apresentação de obras de arte de alguns artistas famosos (Miró, Portinari, Monet, etc.) ou imagens para que as crianças narrem, descrevam e interpretem;
  36. Reconstruir “outros quadros” a partir de obras de arte (quadros famosos) que retratem o cotidiano (ex; Ciranda, de Portinari).
  37. Apresentação de quadros de artistas plásticos famosos ou imagens para que as crianças possam conversar sobre ele e sobre suas experiências pessoais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário