04/09/2009

Alunos na 3ª série que não sabem interpretar textos. De quem é a culpa?

As autoridades educacionais, assustadas com o resultado das provas que são aplicadas aos alunos das séries iniciais, concluem:
"Nossos alunos estão péssimos em leitura e interpretação de textos."

E imediatamente apontam os culpados :
"Os professores não sabem trabalhar português devidamente!"

É claro que os professores que formam "a linha de frente da batalha", serão abatidos primeiro.
Reconhecemos que não somos perfeitos, mas como as autoridades ajudam?
E a participação da sociedade, em que tem contribuído?
A família cumpre seu papel? A mídia incentiva a leitura?
Já se disse, com muita propriedade, que a escola é o reflexo da sociedade.


Somos forçados a mudar os métodos de ensino frequentemente, surge uma idéia lá no horizonte e rapidamente querem aplicá-la em sala de aula...

Concordamos que há métodos melhores e outros não tanto, mas pior que o modo de caminhar é a todo momento mudar a direção, o rumo...
Mancando podemos chegar ao fim do caminho, porém indo e vindo, sendo bloqueados no caminho, sobrecarregados com fardos provavelmente nunca chegaremos.

Quem está ali de mãos dadas com a criança, sente sua necessidade.
Deduzem que somos incapazes de analisar a situação e propor soluções!!!!!!!!
Todo professor tem o dever de se manifestar e o direito de ser ouvido e respeitado em seus questionamentos.

Por exemplo, é difícil trabalhar com classes lotadas de alunos e cada um com seu ritmo de aprendizagem, há alunos que precisam de mais atenção do que outros...

Queremos condições de trabalho, ter ambiente e material adequados para atendermos as necessidades individuais e respeitar a criança dando-lhe o tempo que precisa para aprender.

As autoridades educacionais querem "agradar a todos" e, como bem afirma a professora Analuci, tem:
"Dois discursos antagônicos: respeitar o ritmo do aluno e nivelar todos por uma prova"

3 comentários:

  1. Menina, você tem o dom da palavra!!
    Bem verdade o que diz: "pior que o modo de caminhar é a todo momento mudar a direção, o rumo..." Valeu!!

    ResponderExcluir
  2. Obrigada pela visita
    Volte sempre
    A culpa das deficiencias dos alunos é o governo federal,estadual e municipal que não valoriza o professor .
    O professor deveria ter um salário dígno para:
    -investir em reciclagem
    -investir em materiais didáticos
    -investir em tecnologia
    -comer bem
    -vestir bem
    -pagar dívidas
    -ter lazer
    -dar conforto,alimentação ,lazer, educação e uma excelente babá para seus filhos que ficam em casa enquanto se dedica aos alunos

    Mas nada disse é interessante para os políticos porque eles querem é pessoas ALIENADAS,BURRAS E SEM CULTURA,são mais f´ceis de serem enganadas.
    Infelizmente essa é a realidade.
    Bom final de sexta feira
    Ótimo sábado
    Feliz domingo
    Um maravilhoso feriado da segunda feira
    Bjos
    edil Pontes

    ResponderExcluir
  3. Suas colocações aqui foram corretíssimas.
    Parabéns
    Prof. Elizabeth

    ResponderExcluir