7 de ago de 2008

Novas Regras Ortográficas

O trema desaparece (exceção para nomes estrangeiros e seus derivados)

Deixam de levar o acento agudo:
-paroxítonas com ditongos abertos "ei" e "oi" como "idéia", "heróico" e "assembléia"
-"i" e o "u" precedidos de ditongos abertos, como em "feiúra".

Deixa de existir o acento circunflexo: nas paroxítonas com duplos "e" ou "o"
em formas verbais como "vôo", "dêem" e "vêem".

O alfabeto passa a ter 26 letras, com a inclusão de "k", "y" e "w"
(utilizadas somente para palavras de origem estrangeira e seus derivados)

Hífen
-abolido em palavras compostas em que o prefixo termina em vogal e o segundo elemento também começa com outra vogal. (Ex. como em aeroespacial (aero + espacial) e extraescolar (extra + escolar)).
-deverá ser utilizado quando o primeiro elemento finalizar com uma vogal igual à do segundo elemento (Ex. "micro-ondas" e "anti-inflamatório").
- usado quando a primeira palavra terminar em vogal e a segunda começar por "r" ou "s", essas letras deverão ser duplicadas, como na conjunção "anti" + "semita": "antissemita".
A exceção é quando o primeiro elemento terminar e "r" e o segundo elemento começar com a mesma letra. Nesse caso, a palavra deverá ser grafada com hífen, como em "hiper-requintado" e "inter-racial".

01/07/2008
DEH OLIVEIRA
colaboração para a Folha Online

2 comentários:

  1. Teremos dificuldade em lembrar de tantos detalhes, depois de tanto tempo escrevendo assim...

    ResponderExcluir
  2. Haverá um prazo de tolerância em que as regras anteriores e a atual serão aceitas, vão coexistir.

    O mais complicado é o uso do hífen, mas isto sempre foi complicado mesmo!

    ResponderExcluir