20 de mar de 2008

A PÁSCOA E SEUS SÍMBOLOS

OVOS DE PÁSCOA
Nas culturas pagãs, o ovo trazia a idéia de começo de vida.
Os chineses já costumavam distribuir ovos coloridos entre amigos, na primavera, como referência à renovação da vida.
A substituição dos ovos cozidos e pintados por ovos de chocolate, se deu com o surgimento da indústria do chocolate, em 1830, na Inglaterra.
COELHO
Por sua grande fecundidade, o coelho tornou-se o símbolo mais popular da Páscoa.
CORDEIRO
No Antigo Testamento, a Páscoa era celebrada com os pães ázimos (sem fermento) e com o sacrifício de um cordeiro como recordação do grande feito de Deus em prol de seu povo: a libertação da escravidão do Egito.
Para os cristãos, o cordeiro é o próprio Jesus, Cordeiro de Deus, que foi sacrificado na cruz pelos nossos pecados.
CÍRIO PASCAL
É uma grande vela que se acende na igreja, no sábado de aleluia. Significa que "Cristo é a luz dos povos".
GIRASSOL
Representa a busca da luz que é Cristo Jesus e, assim como ele segue o astro rei, os cristãos buscam em Cristo o caminho, a verdade e a vida.
PÃO E VINHO
O pão e o vinho, sobretudo na antiguidade, foram a comida e bebida mais comum para muitos povos.
Jesus na Última Ceia, ofereceu o pão e o vinho aos seus discípulos dizendo: "Tomai e comei, este é o meu corpo... Este é o meu sangue...".
Portanto, o pão e o suco de uva (vinho sem fermentação) são símbolos do corpo e sangue de Cristo.
COLOMBA PASCOAL
O bolo em forma de "pomba da paz" significa a vinda do Espírito Santo. Diz a lenda que a tradição surgiu na vila de Pavia (norte da Itália), onde um confeiteiro teria presenteado o rei lombardo Albuíno com a guloseima. O soberano, por sua vez, teria poupado a cidade de uma cruel invasão graças ao agrado.
SINO
No domingo de páscoa, tocando festivo, os sinos anunciam com alegria a celebração da ressurreição de cristo.
QUARESMA
Os 40 dias que precedem a Semana Santa são dedicados à preparação para a celebração. Na tradição judaica, havia 40 dias de resguardo do corpo em relação aos excessos, para rememorar os 40 anos passados no deserto.
ÓLEOS SANTOS
Na antiguidade os lutadores e guerreiros se untavam com óleos, pois acreditavam que essas substâncias lhes davam forças. Para os cristãos, os óleos simbolizam o Espírito Santo, aquele que nos dá força e energia para viverem o evangelho de Jesus Cristo.

http://mundoeducacao.uol.com.br/pascoa/pascoa-crista.htm

Nenhum comentário:

Postar um comentário