30 de set de 2007

Estamos nas mãos de Portugal!

"A unificação causou uma gritaria danada em Portugal
principalmente porque o acordo é acusado
de abrasileirar demais a língua
e isso seria uma espécie de
colonização feita pela antiga colônia.

Ou seja, Portugal perderia seu posto de metrópole.
Eles afirmam lá que apenas 0,5% das palavras
do Brasil seriam alteradas,
enquanto 1,5% das de Portugal passariam por alterações.
E isso é demais para os portugueses."


"Se o acordo de unificação ortográfica entrar mesmo em vigor,
os oito países da CPLP, passam a ter simbolicamente
o mesmo direito e o mesmo poder sobre a língua."

"Enquanto Portugal não se manifestar, o acordo não entra em vigor.
Estamos mais perto que longe da implantação,
mas não dá para saber quanto tempo ainda vai levar."



Leia mais
Especialista fala sobre o polêmico acordo de unificação ortográfica
Entrevista com José Luiz Fiorin, professor de Lingüística da USP
http://www.sinprosp.org.br/especiais

2 comentários: